Câmeras e Lentes! Os cuidados que ninguém te contou!

Câmeras e Lentes! Os cuidados que ninguém te contou!

maio 2, 2018 2 Por Klarck Lansing

Uma vez fui fazer um trabalho de comercial para uma produtora, e antes de iniciar o serviço meu equipamento não ficou bem engatado em um dos equipamentos, minha principal e mais cara lente caiu no chão, amassou e estragou o foco. Fiquei um mês sem poder usar ela, esperando peças para conserto, e gastei 3,5x o que ganhei naquele serviço para fazer a manutenção. Foi trágico!

Gastar tanto dinheiro com equipamento fotográfico e depois danificar ele por falta de cuidado seria trágico. Com certeza você deseja conservar pelo maior tempo possível seus equipamentos, por isso separei algumas dicas que ninguém te conta sobre como cuidar bem de seus equipamentos.

Cuidado, acima de tudo, com QUEDAS!

A maior causa dos problemas com câmeras e lentes são os impactos físicos, como quedas e batidas. Inclusive as bolsas próprias para fotografia já vem com uma espuma anti-impacto, para proteger seu equipamento o máximo possível.

Claro que boas câmeras, principalmente as profissionais são resistentes. Por exemplo, a Canon tem duas câmeras que são muito forte, com corpo em magnésio, que são muito resistentes a quedas e temperaturas, e seladas contra água.(Canon 1Dx e 7D Mark2). Mas seu valor é mais alto que as semelhantes sem essa proteção extra.

Para evitar isso, quando a gente compra a câmera já vem uma alça que podemos pendurar no pescoço. Algumas menores prende no pulso também. Para quem já é profissional, a escolha mais pedida são as alças e cintos. Mas quem avisa amigo é: compre as melhores e mais caras, e se certifique da proteção. Já tive problema com cintos frágeis, não economize com isso.

spiderpro.jpg

Foto: Spider Holster

Outra coisa que ajuda na proteção é o para-sol. Seu objetivo é outro, mas se a câmera cair e você tiver sorte de ser de frente, quem vai quebrar é ele e não sua preciosa lente (ou pior ainda, o vidro da lente)

 

Cuidados com elementos da natureza

Água, areia, poeira, calor. Esses são alguns dos perigos para seu equipamento. Se possível, invista em câmeras e lentes seladas contra água. Elas não serão a prova d’água, mas se você pegar uma chuva fará muita diferença. Outro perigo é quando fotografamos na praia. Eu prefiro levar duas câmeras e apenas duas lentes e não trocar na praia, pois a combinação de vento com areia não é tão legal para a câmera quando a gente troca de lente.

Também, armazenar ela em um lugar muito quente pode derreter componentes da câmera. Tenho um amigo que passou por isso, derreteu dois botões de sua câmera. Ele guardava em um local muito próximo de uma lâmpada.

Cuidados com riscos

Riscar sua lente seria trágico, por isso uma opção é usar um filtro UV. Mas se optar por usá-lo, compre um de boa qualidade (em outras palavras, o mais caro)
Eu não gosto de usar ele porquê embaça entre ele e a lente em locais muito quentes ou úmidos, o que é muito comum onde moro. Mas, dependendo do seu uso eu recomendo sim.

 

Continue no Blog:

Cuidados com fungos

Essa é uma das maiores preocupações dos fotógrafos, os temidos fungos. Se sua lente pegar fungo, provavelmente você não vai conseguir arrumar ela. E isso não é incomum de acontecer.
Mas para gente saber como se proteger dos fungos, precisamos entender como eles se criam. Basicamente, para viver os fungos precisam de escuridão e umidade. Em um local claro e seco eles não se proliferam. Ou seja, deixar dentro da bolsa num período chuvoso poderá trazer problemas. Talvez você possa usar uma caixa com ventilação e entradas de luz. Também usar algum tipo de anti-mofo, desses que sugam a umidade, me ajudou no início.

Hoje eu tenho um cofre chaveado com revestimento em madeira impermeabilizada e luz incandescente, pois ela é quente. Nunca tive problemas com fungo, e sugiro o mesmo para você. Gastei aproximadamente R$500 para confeccionar ele; e o melhor é que ele é parafusado na parede, o que traz mais segurança.

Lente sendo segurada

E ainda mais, cuidado com roubos!

Claro que de nada adianta todos os cuidados acima descrito se alguém furtar ou assaltar você. Todo cuidado é pouco!

Você já percebeu quanto dinheiro tem dentro de uma mochila fotográfica? Os assaltantes também. E é muito fácil de sair com uma na multidão sem ser percebido – é apenas uma mochila.

Por isso, tome extra cuidado. Se necessário, leve gente extra em sua equipe para um ensaio fotográfico ou evento. Cinco ou seis pessoas envolvidas em uma sessão de fotos inibe mais os assaltantes que duas ou três. Talvez, locais que cobram entrada ou para fazer fotos tem segurança extra e pode valer a pena.

Cuidado na saída de eventos e em onde você deixa sua mochila enquanto não está usando.

 

Bônus: Seguros fotográficos!

Já pensou em procurar alguma corretora de seguros? Algumas seguradoras (como a Porto Seguros) oferecem planos de cobertura muito bons para fotógrafos. Você inclusive pode incluir coisas como cartões de memória e baterias.

Pagando uma taxinha extra, você pode se segurar contra quedas e panes elétricas, e pode estender a cobertura internacionalmente. Geralmente o valor desses seguros custam entre 5% a 8% do seu equipamento.

Tem algum outro medo? Ou quer compartilhar alguma dica? Deixe aqui embaixo seu comentário.

 

Compartilhe com seus amigos esse post clicando nos botões abaixo.